“Novas Gerações em Saída: compromisso místico-profético-testemunhal”

Por: Ronnaldh Alexandre Rebouças de OliveiraEm: Notícias


estudo-03

MENSAGEM DO ENCONTRO INTER-REGIONAL SUL DAS NOVAS GERAÇÕES

“Novas Gerações em Saída: compromisso místico-profético-testemunhal” foi o
tema refletido no Encontro Inter-regional Sul das Novas Gerações da Vida Religiosa
Consagrada (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul), realizado de 15 a 18 de junho de
2017, em Lages-SC. Momentos muito especiais de convivência, celebração, partilha
caracterizaram o encontro, que contou com a presença de 60 Religiosas e Religiosos,
provenientes de 07 países, 24 Congregações, e que realizam sua missão em um dos Estados da
Região Sul.
A Irmã Cleusa Maria Andreatta assessorou o encontro e conduziu os participantes a
algumas reflexões e partilhas, que ajudam a somar forças para viver o seguimento de Jesus
sempre com mais coerência evangélica, pois, apesar dos desafios, há muita profecia e mística
nas Novas Gerações.
Na inquietude diante da atual conjuntura da Vida Religiosa Consagrada, as Novas
Gerações reconhecem que é necessária mais criatividade nas estruturas, que, por vezes, estão
engessadas e tiram a autonomia de seus membros. A partir das reflexões e partilhas, algumas
questões foram levantadas durante os dias de encontro: há muitas relações comunitárias
matando ou sufocando o vigor missionário e vocacional da juventude; percebe-se uma crise
institucional e não uma crise vocacional; as Novas Gerações estão dispostas a viver a fidelidade
criativa ao Evangelho, com compromisso místico-profético-testemunhal; sentimos, com dor,
que muitas vezes há poucos espaços de formação de novas lideranças em nossas Congregações;
ainda é necessário fazer um longo processo e confiar, sem desconfiar, da juventude.
Como Maria, as Novas Gerações se colocam a caminho, em saída, centradas no carisma,
no Reino de Deus, sem perder a profecia. É preciso coragem e ousadia de continuar refletindo
sobre os temas que se referem aos desafios da Vida Religiosa Consagrada, buscando
alternativas para o novo (Maria) e o velho (Isabel), vivendo com autenticidade cada itinerário
da vida e da consagração. Acreditamos na vivência fraterna, que transforma e se enriquece na
partilha de carismas, e nas iniciativas intercongregacionais. Reconhecemos que realizamos
trabalhos importantes em nossas Congregações, levados com responsabilidade e
comprometimento.
Sim, temos coragem de avançar, pois percebemos e reconhecemos a presença de Deus
na história que é construída de “geração em geração”. Deus continua chamando, por isso
desejamos dar um sentido para nossa saída, missão, com qualidade e testemunho, tomando
decisões firmes no coletivo. É necessário renovar o modo de eleição de nossas coordenações
Provinciais. Queremos participar das decisões de nossas Congregações. Continuaremos o
caminho com discernimento, esperança, fé, protagonismo, sem entrar na roda do negativismo e
do vitimismo. Ajudaremos a encontrar soluções. Com coragem, gestaremos encontros fraternos
e alegres, pois vale a pena a Vida Religiosa Consagrada. Resistiremos na construção do Reino de
Deus, pois ainda há muito profetismo entre nós.
Nesses tempos desafiadores, continuaremos somando força na luta dos pobres e
seremos sensíveis à dor e à esperança de todo ser humano. Queremos gerar igualdade neste
País rico e desigual, onde se discrimina e excluí indígenas, afrodescendentes, crianças e
mulheres, os pobres que Tu amas.
O Evangelho nos desacomoda e nos coloca em movimento por uma Vida Religiosa
Consagrada mais autêntica e por um País mais democrático que respeite os direitos de todos,
preferencialmente dos pobres.
Participantes do Encontro Inter-regional Sul das Novas Gerações

comu