Leigos também fazem parte dessa história... meu vínculo com a CRB- Regional Curitiba.

Artigo Memorial 019

Fiquei muito emocionado com a ligação da Irmã Glória, convidando-me para fazer um breve relato da minha história de trabalho como leigo voluntário na CRB-Curitiba, em comemoração e celebração dos seus 65 anos de existência.

Inicio esse relato me apresentando. Meu nome é Fernando Mazur, sou contador de organizações religiosas, meu escritório é em Curitiba e começou as atividades há 55 anos com meu pai, Paulo Mazur, o primeiro contador de organizações religiosas de Curitiba. Integro o Grupo de Trabalho de assessores da Associação Nacional de Educação Católica do Brasil – GT ANEC Nacional, sou integrante da Comissão do Terceiro Setor do Conselho Regional de Contabilidade do Paraná - CRC/PR, membro convidado da Comissão do Terceiro Setor da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraná - OAB/PR, e também atuo como professor e palestrante.

Nessa caminhada, nosso escritório vem atendendo somente instituições, congregações e organizações religiosas. Hoje atendemos religiosos do Brasil inteiro, o que nos torna uma referência nacional em contabilidade e gestão no setor religioso. 

Talvez tenha sido essa trajetória e experiências adquiridas que fizeram com que a Irmã Terezinha, em 2009, me chamasse para assessorar e palestrar no Seminário de Ecônomos da CRB-Curitiba daquele ano. Ano, aliás, em que a CRB-Curitiba estava sob a gestão do Pe. Thomaz e da Irmã Julita. O Pe. Thomaz bem como a Irmã Julita acabaram tornando-se para mim, grandes amigos. E assim começou o meu vínculo com a CRB- Curitiba. 

Conhecendo muito bem a vida religiosa e as suas dificuldades, em 2011 criamos um grupo de estudos de ecônomos na CRB-Curitiba, com a intenção de discutir assuntos inerentes a administração, contabilidade e gestão das organizações religiosas. 

Aqueles que seguem a vida religiosa, no geral, costumam ter sua formação voltada para a filosofia e a teologia, sem receberem capacitação alguma para a gestão administrativa, jurídica, contábil e financeira das organizações às quais pertencem. No entanto, esses religiosos, assim que finalizam a sua formação, muitas vezes são incumbidos de atuar como gestores em paróquias, colégios, hospitais, onde, diante das situações que exigem conhecimento de gestão, acabam involuntariamente pondo em risco a saúde financeira da obra religiosa.

O grupo de ecônomos da CRB-Curitiba reúne-se mensalmente com temas sugeridos e escolhidos previamente pelos próprios membros do grupo. Discute-se primeiramente uma teoria com conceitos, leis, normas e jurisprudência. Depois dos debates e das trocas de experiências, são compartilhados os conhecimentos de cada membro sobre o assunto, evidenciando os erros, apontando as dificuldades e indicando os acertos. Assim, de uma forma econômica e direta, todos ficam preparados para resolver seus respectivos problemas através dessa interajuda entre os religiosos.

Portanto, desde o citado ano de 2009, venho anualmente assessorando e coordenando o Seminário de Ecônomos da CRB-Curitiba. Em 2019 trouxemos Sua Eminência, o Cardeal Dom João Braz de Aviz, para dois dias de estudos. Nesse ano de 2019 discutimos a fundo o documento da igreja intitulado “Economia a Serviço do Carisma e da Missão” contando com 350 pessoas presentes na formação. 

Atualmente, o Seminário de Ecônomos da CRB-Curitiba é reconhecido nacionalmente pelo alto nível dos debates sobre gestão e administração de organizações religiosas, aumentando todos os anos o número de participantes e interessados. 

Também a convite da CRB-Curitiba, escrevi vários artigos que estão publicados no site da instituição, sobre gestão administrativa e contabilidade para organizações religiosas, com o intuito de compartilhar o conhecimento e orientar os religiosos, recebendo como retorno muitos agradecimentos, o que muito me alegra.

O desenvolvimento de todas essas atividades junto a CRB-Curitiba trouxe-me, como leigo, muita satisfação, reconhecimento profissional e amizades fraternas de todas direções que passaram nesses 12 anos. 
Sempre estou à disposição da CRB para assessorar os religiosos que me procuram nos mais diversos assuntos e sinto-me contente e honrado por lembrarem-se de mim para orientá-los na gestão de suas organizações.
Muito obrigado pela confiança e principalmente pela convivência feliz e construtiva durante todos esses anos. Espero continuar sendo merecedor da função de assessor voluntário da CRB-Curitiba por muitos anos.
Muito obrigado CRB-Curitiba.

Fernando Mazur.

 
Indique a um amigo
 
 
Artigos Relacionadas

Notice: Undefined property: stdClass::$categoria in /home/crbprbr/public_html/pg/post2.php on line 167

Notice: Undefined property: stdClass::$id in /home/crbprbr/public_html/pg/post2.php on line 167