Assembléia Formativa - CRB - Regional Curitiba.

Nos dias 02 e 03 de setembro de 2020, aconteceu a Assembléia Formativa da CRB-Regional Curitiba. Com a presença muito significativa de Provinciais, Gerais, Coordenadores(as) de Núcleos e Sub Núcleos e Religiosos(as), somando mais de 90 aparelhos conectados via Google Meet aproximadamente participaram mais de 180 Religiosos(as) de nosso Regional e de outros Estados, até mesmo de fora do Brasil como Bolívia e Roma. Em vários locais, um mesmo aparelho era visto pela comunidade inteira, ou seja, 04, 05 até 08 participantes (formação inicial e comunidades).

No Primeiro dia a Ir. Maria José Barbosa dos Santos, bdp representante da CRB Nacional que trabalhou o tema “Vida Religiosa Consagrada em tempos de pandemia: Desafios e oportunidades”. Destacando a valorização da vida, convidando a olhar para Jesus que “Veio trazer vida e vida em abundância”(Jo10,10). Curar-me para curar o mundo e ser bálsamo. Ser como João Batista que preparou o caminho para Jesus, és a nossa missão!

E Frei Moacir Casagrande OFMCap, com o tema “Cultivar a Mística Profético Sapiencial e Vida Religiosa Consagrada em saída”. Pontuação: estamos num tempo diferente, tempo de aprendizado de muitas lições; cultivar uma espiritualidade criativa que revigora, ir a fonte. Mística: relação com o mistério, relação humilde entre Criador e criatura. Cultivar a sabedoria no cotidiano, encontrar Deus. O profeta é aquele que anuncia a boa nova, chamando a uma missão. A formação se da na missão.

Confira na íntegra os vídeos de ambos os dias. 





Perspectivas

Na participação dos Religiosos pelo chat e de viva voz durante a Assembleia Formativa, foi bem significativa. Vários contribuíram com o assunto propriamente dito e outros manifestavam apoio pelas várias iniciativas da CRB.

Ao final, alguns expressaram desejo de dar continuidade da reflexão sobre alguns assuntos específicos.

Primeiro: Como trabalhar os conflitos que aparecem nas comunidades. Eles afloram e há dificuldade em trabalhar e resolver estes mesmos conflitos;

Segundo: o desafio das casas que cuidam dos religiosos idosos (as), sobretudo a reflexão sobre o tema da morte, da entrega final da vida.

A CRB-Regional Curitiba agradece pela participação dos(das) Religiosos(as) de nossa Regional e de outros Estados.


 
 
Indique a um amigo
 
 
Notícias relacionadas